Camasão apresenta denúncia contra Gean Loureiro por adesão à cloroquina

O jornalista Leonel Camasão apresentou nesta terça-feira (11/08) uma denúncia ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) contra o Prefeito Gean Loureiro. Gean abriu uma chamada pública para distribuir os medicamentos cloroquina e hidroxicloroquina em toda a cidade para “casos leves de COVID-19”. Conforme autoridades de saúde de todo o mundo, inclusive brasileiras, os medicamentos […]

11 ago 2020, 19:36
Camasão apresenta denúncia contra Gean Loureiro por adesão à cloroquina

O jornalista Leonel Camasão apresentou nesta terça-feira (11/08) uma denúncia ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) contra o Prefeito Gean Loureiro. Gean abriu uma chamada pública para distribuir os medicamentos cloroquina e hidroxicloroquina em toda a cidade para “casos leves de COVID-19”. Conforme autoridades de saúde de todo o mundo, inclusive brasileiras, os medicamentos não tem eficácia comprovada e, em alguns casos, podem até matar.

Na Notícia de Fato, Camasão apresentou estudos e reportagens sobre a ineficácia da cloroquina. Ele também argumentou que o próprio MPSC recomendou à Prefeitura de Itajaí que suspendesse a distribuição de tratamento de ozônio para a COVID-19, em caso que virou chacota nas redes sociais.

“Estamos muito perto das eleições e os casos de coronavírus em Florianópolis continuam altíssimos. Gean quer vender falsas soluções, à exemplo de Moisés e Bolsonaro, colocando em risco a vida das pessoas”, argumenta Camasão.

Em abril, um estudo brasileiro envolvendo tratamento de pacientes de COVID-19 com cloroquina foi suspenso após 11 pessoas morrerem , em Manaus. Outro estudo feito com 96 mil pacientes, em maio desse ano, comprovou que cloroquina não é eficaz e aumenta o risco de morte.

Agora, a denúncia será enviada ao Promotor competente, que vai decidir se dá seguimento à denúncia ou se irá arquivar o pedido de investigação.