Esquerda de Floripa apresenta plano para crise econômica e sanitária

O movimento Floripa pra Frente, que abriga diversos partidos e organizações políticas de Florianópolis, entregou na Prefeitura e na Câmara de Vereadores o documento “Ciência e Política Pública para Defender a Vida”, nesta quinta-feira (04/06). Com 18 páginas, o manifesto traz 48 propostas para combater a crise econômica e sanitária decorrente da pandemia de COVID-19. […]

4 jun 2020, 22:48
Esquerda de Floripa apresenta plano para crise econômica e sanitária

O movimento Floripa pra Frente, que abriga diversos partidos e organizações políticas de Florianópolis, entregou na Prefeitura e na Câmara de Vereadores o documento “Ciência e Política Pública para Defender a Vida”, nesta quinta-feira (04/06). Com 18 páginas, o manifesto traz 48 propostas para combater a crise econômica e sanitária decorrente da pandemia de COVID-19.

Leia a íntegra do documento aqui

O plano é dividido em cinco eixos principais, que abordam as medidas necessárias para a flexibilização do isolamento, para o fortalecimento do sistema de saúde, da geração de emprego, renda e políticas assistenciais para atender os mais necessitados. Os eixos são:

  • Condições para a flexibilização das medidas de distanciamento social
  • Medidas para a fase de flexibilização de distanciamento social
  • Saúde
  • Economia e Emprego
  • Renda e Vulnerabilidade

A entrega do plano seguiu os protocolos de segurança e distanciamento social necessários. Participam da iniciativa os partidos PCdoB, PDT, PT, PSOL, PSB, REDE, UCB e UP, os vereadores Afrânio Boppré (PSOL), Lela (PDT) e Lino Peres (PT). O pré-candidato do PSOL à Prefeitura de Florianópolis, Elson Pereira, e o presidente do PSOL, Leonel Camasão, também participaram do ato.